top of page

Prefeito realiza um sonho e compromisso ao inaugurar o pronto-socorro municipal

Ao lado da UTI, a nova unidade de saúde é uma conquista histórica para saúde pública de Porto Feliz



Na segunda-feira (27) ocorreu uma inauguração histórica. O prefeito Antônio Cássio Habice Prado (Dr. Cássio/ PL), com sua equipe e convidados, entregou à cidade o Pronto-socorro Maria de Lourdes Assunção Oliveira. O pronto-socorro é a segunda mais importante obra da saúde pública do governo Dr. Cássio, como disse o secretário-chefe de Gabinete, Célio Peixoto. “A primeira foi a UTI”, disse o secretário durante a solenidade.


Célio foi o segundo a discursar na solenidade. Primeiro falou a deputada estadual Maria Lúcia Amary (PSDB). O secretário Célio mostrou a foto de seu avô e contou que ele morreu por falta de vagas numa unidade de terapia intensiva. “Meu avô ficou quatro dias esperando uma vaga de UTI. Isso foi há mais de vinte anos”, disse o chefe de gabinete.


Reunião

Célio Peixoto lembrou-se de uma reunião ocorri da em fevereiro de 2016 no consultório do Dr. Cássio. Naquele ano Dr. Cássio disputaria e venceria a primeira eleição para prefeito. “Lembro muito bem que o senhor disse que queria cuidar da vida das pessoas”, disse Célio. Na quela reunião Dr. Cássio já dizia que seus objetivos eram a instalação da UTI e a construção do pronto--socorro municipal.


Em janeiro de 2019 a unidade de terapia intensiva foi inaugurada e quase exatamente um ano depois teria início uma das maio res pandemias da história. “Nossa cidade estava totalmente preparada”, continuou Célio Peixoto em seu discurso.


“Chegamos a gastar R$ 450 mil com um paciente, mas hoje ele está aqui, está vivo. Nossa alegria era ver a pessoa sair da Santa Casa com aquela placa, ‘Eu venci a Covid’ ”, disse o chefe de Gabinete. Para ele, a preocupação com a vida é a marca do governo do Dr. Cássio, que está “construindo um legado de uma cidade mais desenvolvida, uma cidade mais humana. Hoje Porto Feliz é referência no desenvolvimento, referência na saúde, referência em salvar vidas”.



Derrite

Depois de Célio Peixoto falou o deputado federal licenciado e atual secretário de Estado de Segurança Pública, Guilherme Derrite. Em seu primeiro mandato como deputado, Derrite trabalhou em Brasília pela autorização do Ministério da Saúde para a construção do pronto--socorro e liberação de recursos. Depois de a obra ter começado, o governo de Jair Bolsonaro (PL) interrompeu o repasse do dinheiro e o pronto-socorro acabou sendo construída com recursos do próprio município.


Derrite começou seu discurso agradecendo a votação que alcançou em Porto Feliz em 2022, quando recebeu 41% dos votos válidos, “a maior votação na história de Porto Feliz para deputado federal”, como ele disse. Ele elogiou Cássio e equipe. “Quando pessoas vocacionadas são colocadas por Deus numa função pública, pessoas que sonham alto, esses sonhos se transformam em realidade”, disse o secretário.


Sonho

A seguir falou o prefeito Dr. Cássio. “Há mais de três décadas, quando fui secretário de Saúde, sonhava e planejava uma UTI e um novo pronto-socorro. É um privilégio imenso estar à frente desse projeto”, disse o prefeito.


Ele contou que o projeto inicial era metade do que acabou sendo construído, e destacou que a obra foi totalmente custeada com recursos da própria Prefeitura. “Não é dinheiro público, é dinheiro do povo de Porto Feliz”, disse Dr. Cássio.


Agradecimentos

O prefeito fez vários agradecimentos, entre eles ao Instituto Justiça e seus fundadores, Luiz Felipe e Indiara Dias de Souza; à equipe da Santa Casa e à Engebase Construção e Gerenciamento Ltda., responsável pela construção.


O prefeito e a primeira-dama Dra. Maria Cristina Gargione Prado homenagearam Iara Maria de Oliveira Derrite, Indiara Dias de Souza e Vera Lúcia de Oliveira Piasentin. Dona Vera é filha de Maria de Lourdes Assunção Oliveira, cujo nome foi dado ao pronto-socorro, e tia de Iara Maria. Ao lado do prefeito, primeira-dama e Derrite, ela ajudou a desatar a fita inaugural nessa solenidade histórica.


Um pronto-socorro amplo e moderno



Como o prefeito explicou durante a solenidade de inauguração, o pronto-socorro foi detalhadamente planejado para oferecer um atendimento de qualidade e humanizado aos pacientes da rede pública de saúde.


A unidade tem duas entradas principais, uma exclusivamente voltada para os casos mais graves, como o de pessoas socorridas pelas equipes de resgate da Prefeitura e do Corpo de Bombeiros. Os casos de menor gravidade serão recebidos em outra recepção.


A sala de emergência foi equipada com quatro leitos. Os casos de menor gravidade terão doze leitos para adultos, quatro para pediatria e dois de isolamento, para o caso de pacientes com doenças infectocontagiosas.


Pediatria

O pronto-socorro vai oferecer plantão pediátrico 24 horas, com dois médicos especialistas trabalhando no período diurno e um no período noturno.


O prefeito Antônio Cássio Habice Prado (Dr. Cássio/PL) destacou que Porto Feliz é a única cidade da Região Metropolitana de Sorocaba, com população inferior a 60 mil habitantes, a contar com dois tomógrafos funcionando na rede pública de saúde.



Estrutura

  • 6 Leitos de observação masculino

  • 6 Leitos de observação feminino

  • 4 Leitos de observação infantil

  • 2 Leitos de isolamento

  • 4 Leitos de emergência

  • 5 Consultórios médicos

  • 2 Consultórios pediátricos

  • 1 Sala de sutura

  • 1 Sala de inalação

  • 1 Sala de aplicação de medicamentos

  • 1 Sala de gesso

  • 1 Posto de enfermagem

  • 1 Raio X digital

  • 1 Tomógrafo

3 visualizações0 comentário

コメント


bottom of page