top of page

SAAE terá repasse de 4,2 milhões para poços

Câmara autoriza uso de superávit para reforçar o abastecimento de água



A Câmara aprovou na sessão de segunda-feira (3) o projeto de lei 16/24 de abertura de crédito suplementar para o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE), na importância de R$ 4.260.000,00.


Em sua justificativa, o projeto prevê que os recursos vêm de superávit financeiro e serão utiliza dos em obras do abaste cimento público de água, através da prospecção e operacionalização de poços tubulares profundos.


Subvenção

Também aprovados, dois projetos de lei de repasse de subvenção para as entidades. A Cidade dos Velhinhos e a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) devem receber recursos de 27 mil reais cada.


Tribuna Livre

Regimentalmente, o uso da tribuna livre está proibido durante o período eleitoral. Como ainda não entramos no período de campanha dos candidatos, a Câmara ainda permite a inscrição de pessoas. Quem fez uso nessa sessão foi Matheus das Neves Silva, mais conhecido como Matheus Provazi, do grupo de teatro Saindo do Conto.


Cultura

Ele comentou sobre a dificuldade de se trabalhar com cultura e questionou a falta do plano de cultura no município. Provazi falou ainda sobre sua apresentação em julho e pediu que a Prefeitura faça uma manutenção na Estação das Artes que, segundo ele, apresenta problemas já há algum tempo.


Aldir Blanc

O artista relembrou que Porto Feliz foi uma das poucas cidades que não recebeu recursos da Lei Aldir Blanc e teceu críticas ao secretário de Cultura. De acordo com Provazi, o secretário não é participativo e não dialoga com os artistas da cidade. “Eu não gosto de muitos artistas daqui da cidade e muitos também não gostam de mim, mas isso também não impede de eu ir às reuniões quando o objetivo é maior”, lembrou.


Monções

Em suas palavras, Matheus criticou o sistema como é feita a encenação na Semana das Monções. Para ele, não só o diretor deve ser remunerado, mas os artistas e figurantes também devem receber pelo trabalho. “Não se paga um artista com pão e mortadela ou presunto e queijo, correndo o risco à noite, lá embaixo, tomando picada de bicho, dedicando o seu tempo e profissionalismo”, disse.


Minuto de Silêncio

A Câmara apresentou requerimentos de minuto de silêncio pelo falecimento de Luiz Nóbrega da Silva, Elisabete Apareci da Lemos Simões, Luiz Justino das Neves e Fátima Aparecida Zardetto Ferreira.


Desdobro

Vereador Luís Diniz (PSD) quer saber da Prefeitura se existe a possibilidade de encaminhar ao Legislativo projeto de lei sobre a concessão de desdobro de lote. Saulo do Barganhas (PL), informou ao vereador que em 2019 já houve um projeto sobre o tema. No entanto, o vereador alertou que em ano eleitoral não é permitido ao prefeito encaminhar projeto que conceda anistia, remissão, subsídio ou benefício de natureza financeira e tributária.


Pronto-socorro

Teko Gutierre (MDB), falou sobre a inauguração do Pronto-Socorro municipal no fim de maio. Ele defendeu a Prefeitura com relação às críticas de inaugurar o novo espaço e não colocar para funcionamento logo em seguida. Para Teko, se tornaria inviável inaugurar com o local já em funciona mento. Ele diz que após a inauguração foi preciso um tempo para acomodar toda a estrutura e, a partir de então, abrir o Pronto-Socorro para atendimento.


Convite

O vereador convidou toda a população para ir conhecer a Estrada Parque, via de acesso ao Parque das Monções toda revitalizada. Vereador Teko indicou o passeio para toda a família. Palmital Teko elogiou ainda o asfaltamento da estrada do bairro Palmital. “O lugar ficou maravilhoso para passear de bicicleta, fazer uma caminhada mais longa e melhorou o acesso ao bairro”, destacou.


Shinoda

Em suas andanças, Teko foi até a estrada que liga a rodovia Dr. Antoninho até o bairro Shinoda. Segundo ele, em breve o local deve receber também a capa asfáltica. O bairro também deve ganhar linha do Expresso Porto Feliz, de acordo como vereador que foi até o local para conversar com moradores.


Expresso PF

O vereador aproveitou ainda para anunciar a ampliação do Expresso Porto Feliz. De acordo com ele, principalmente as linhas na área rural de vem ser ampliadas dentro em breve para atender a população em algumas regiões da cidade.


Sentinela

Adilson Casagrande (União Brasil), agradeceu ao doutor Bruno, da cidade de Belo Horizonte, que atua no Posto Sentinela (Popular). “Estive lá e pude ver o comprometi mento de toda a equipe no atendimento à população”, elogia.


Situação de rua

Com a chegada da época de frio, Casagrande disse se preocupar com as pessoas em situação de rua e seus animais. Para ele, a Prefeitura deve desenvolver um programa de acolhimento e saber dos motivos que essa pessoa se encontra nessa situação.


Bairro Indaiatuba

Pela terceira sessão, vereador João Fávero destacou em sua fala a situação do bairro Indaiatuba. Ele agradeceu o secretário de Serviços Públicos, Lucas Rodrigues, pelo empenho em resolver o problema dos moradores daquela região.


Distrito industrial

Luís Diniz (PSD) comentou sobre sua visita ao distrito industrial no bairro Colônia Rodrigo e Silva. Segundo ele, as reuniões foram com empresários em quatro em presas para conhecimento das indústrias e conversa sobre reivindicações de melhorias naquela região. Ele acompanhou o vice-prefeito e pré-candidato a prefeito, Gerão Pacheco (União Brasil).


Acessibilidade

O vereador informou a presença na Câmara de José Carlos Vaz, que é cadeirante. De acordo com Diniz, em setembro do ano passado, ele apresentou indicação sobre a melhoria de acessibilidade aos cadeirantes e deficientes físicos. E voltou ao tema, após acompanhar nas redes sociais a comoção com a publicação de José Carlos que apresentou dificuldades para acessar o velório municipal, no centro da cidade. “Eu acho que poderia revisar todos os espaços e prédios públicos”, pediu.


Vacinação

Diniz também alertou aos pais para a campanha de vacinação contra a poliomielite que vai até 14 de junho. Todas as crianças menores de 5 anos podem receber a imunização. Em Porto Feliz, os postos de saúde estão abertos de segunda a sexta para o atendimento.


Pronto-socorro II

Saulo do Barganhas elogiou o prefeito Antônio Cássio Habice Prado (Dr. Cássio/PL) pela inauguração do Pronto-socorro. De acordo com ele, é um desejo do prefeito desde o início de seu mandato, mas, naquele momento, faltava recursos para a obra.


Derrite

Saulo lembrou que ainda no Governo Bolsonaro, através da intermediação do deputado federal Capitão Guilherme Derrite, Porto Feliz obteve recursos para dar início ao Pronto-socorro. Com a troca de presidente, o Governo Lula, segundo o vereador, deixou de fazer repasse de verba o que obrigou a Prefeitura a tocar a obra.


Lenda

Como diz um personagem de filme de faroeste, “Se a lenda é melhor que a verdade, publique-se a lenda”. A lenda é que o Governo Lula cortou as verbas. A verdade é que elas minguaram bem antes, no governo Bolsonaro que, guloso, licitou mais obras do que permitia o orçamento. Só em escolas cívico-militares foram cerca de 8.500 em todo o País, quando só havia recursos para pouco mais de 2 mil. Exemplo: a escola em Altos do Jequitibá. O governo passado passou a faixa com mais de 8.600 obras paradas/inacabadas do Oiapoque ao Chuí, número só inferior à herança maldita deixada por Michel Temer (MDB).


Agilidade

O vereador do PL ainda comentou que o novo Pronto-socorro deve agilizar os atendimentos, com o aumento da estrutura e com mais médicos.

3 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page