top of page

Celebrando 116 Anos de Educação e História




No coração de Porto Feliz, São Paulo, ergue-se uma instituição de ensino cujas raízes se entrelaçam com a própria história da cidade. A Escola Municipal de Ensino Fundamental “Coronel Esmédio” celebrou, no dia 1º de maio deste ano, seu centésimo décimo sexto aniversário. Um marco que não apenas comemora uma longa jornada educacional, mas também reverencia o legado de uma comunidade comprometida com o desenvolvimento e a cultura.


Fundada em 1908 como Grupo Escolar, a escola surgiu em resposta a uma demanda antiga da localidade por acesso à educação pública de qualidade. Esteve entre os primeiros estabelecimentos desse tipo a serem estabelecidos no Estado de São Paulo. Seu surgimento coincidiu com um período de transformações na organização do ensino no Brasil, refletindo a transição para um modelo mais estruturado e abrangente de educação popular.


Ao longo de seus 116 anos, a Escola Municipal de Ensino Fundamental “Coronel Esmédio”" tornou-se não apenas um centro de aprendizado, mas também um celeiro de talentos e um ponto de partida para muitas histórias de sucesso. Desde suas fileiras, emergiram indivíduos que alcançaram reconhecimento social e se destacaram em diversas áreas de atuação. Entre eles, destacam-se figuras como Roque Plínio de Carvalho, um educador multifacetado que deixou sua marca não apenas como professor, mas também como escritor, poeta e redator de jornais locais.


A trajetória da escola é marcada por uma série de transformações e evoluções. Em 1946, recebeu a denominação de Grupo Escolar Coronel Esmédio, em homenagem a um influente líder político da região. Posteriormente, tornou-se conhecida como “Escola Estadual Coronel Esmédio”. No entanto, foi em 2004 que a escola passou por uma mudança significativa ao ser municipalizada, adotando o nome atual, EMEF. Coronel Esmédio.


Em 2008, a escola celebrou seu centenário com uma série de atividades que relembraram sua rica história e destacaram sua importância na comunidade. Uma grande exposição foi realizada no Museu Histórico, reunindo fotos, objetos, documentos e trabalhos escolares que narravam a jornada da instituição ao longo dos anos. Essa celebração foi um momento de reflexão sobre o papel fundamental da escola na vida dos habitantes locais e sua contribuição para o desenvolvimento da cidade.


Dez anos depois, em 2018, a Escola Municipal de Ensino Fundamental “Coronel Esmédio” mais uma vez abriu suas portas para uma exposição comemorativa, desta vez na Casa da Cultura. A mostra, composta por objetos e documentos históricos, ofereceu aos visitantes uma oportunidade única de mergulhar na rica história educacional da região e celebrar os 110 anos de uma instituição que se tornou um símbolo de excelência e dedicação à educação.


Ao completar 116 anos, a Escola Municipal de Ensino Fundamental “Coronel Esmédio” não apenas celebra sua longa história, mas também renova seu compromisso com a educação de qualidade e o desenvolvimento da comunidade. Seus corredores ecoam com o legado de gerações passadas e inspiram as futuras, lembrando-nos de que o verdadeiro valor de uma escola vai além de seus muros, deixando uma marca indelével na vida daqueles que passam por ela.


Carlos Carvalho Cavalheiro é professor, mestre em educação, escritor, pesquisador e colaborador da TRIBUNA

0 visualização0 comentário

Kommentare


bottom of page